Skip to content Skip to footer

A migração do dinheiro entre os setores

Desde o meu primeiro livro publicado em 2013, sempre comentei sobre a constante migração do dinheiro entre os vários setores da economia listados em bolsa.

Exemplo: digamos que a “bola da vez”, independentemente dos fundamentos, seja o setor de siderurgia. O dinheiro fica concentrado por lá por algum tempo e os preços sobem muito, mas chega num ponto que o risco da operação não mais faz sentido. É hora de realizar lucros e escolher o próximo setor candidato ao ciclo de alta. E assim por diante.

No mercado financeiro isso sempre aconteceu, mesmo antes da inundação de dinheiro determinada pelos bancos centrais mundo afora em 2020 e dos juros zerados em quase todos os países.

Após o impacto inicial do coronavírus, os investidores “correram” para os setores mais vencedores durante a pandemia, especialmente o de Tecnologia. As “Big Techs” americanas passaram a ser o “Porto Seguro”. Por outro lado, vários setores foram esquecidos, especialmente aqueles muito prejudicados pela doença, como o de turismo, por exemplo.

Isso fica muito nítido quando você compara o desempenho dos índices americanos no pós-pandemia: o Nasdaq (tecnologia) renovou suas máximas em plena pandemia; o S&P está muito próximo do topo histórico; já o Dow Jones (DJI) teve um bom desempenho, porém, aquém dos outros.

Todavia, nos últimos dias, essa lógica se inverteu, e o DJI lidera os ganhos no mercado americano. Será uma coisa momentânea ou o início da migração do dinheiro?

Lendo a newsletter do Felipe Miranda, no dia de hoje, ele comenta justamente isso. As boas notícias da vacina podem acelerar o processo de migração do dinheiro para os setores mais tradicionais e diminuir o ímpeto do setor de tecnologia.

A propósito: a divulgação da vacina russa no dia de ontem, independentemente da sua eficácia ou não, desencadeou uma “aceleração” das outras vacinas, o que é muito positivo para todos nós, exceto para os profetas do apocalipse, capitaneados por alguns órgãos de imprensa que adoram disseminar o medo na população.

Fique atento aos próximos passos do Mercado e siga o fluxo.

*Por aqui, um agravante: a debandada de alguns fortes nomes da equipe econômica colocou uma “pulga atrás da orelha” do Mercado, o que está prejudicando o desempenho da bolsa brasileira no dia de hoje. E isso pode piorar nos próximos dias (relembre que recentemente comentei que o IBOV tinha perdido “momentum”).

Bons investimentos.

MJR

Investir Cada Vez Melhor © 2020. All rights reserved. Desenvolvido por PortalQuest Interativa

Copyright © 2020. Investir Cada Vez Melhor - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por PortalQuest Interativa.