Skip to content Skip to footer

Cruzeiro da Disney – Dicas

Sempre evitei passear a bordo de um Cruzeiro. Apesar de achar que seria fascinante, a ideia de entrar num navio com mais de quatro, cinco mil pessoas sempre me aterrorizava. Desta forma, mesmo tendo viajado para vários lugares nos últimos anos, a possibilidade de um passeio nos grandes navios nunca entrava em pauta.

Mas, em outubro de 2017, numa reunião familiar, incluindo a “turminha”, decidimos fazer o début e escolhemos o Cruzeiro da Disney – Disney Cruise Line. Assim, aproveitamos a viagem marcada para Orlando e inserimos o passeio de navio por alguns dias. A ideia era provar essa “nova” maneira de tirar férias. Apesar de certa angústia, a ideia me deixou muito entusiasmado.

Usualmente, programamos as viagens por contra própria, através da internet, mas como nunca tínhamos feito um Cruzeiro antes e a viagem estava muito próxima, o que limita os pacotes oferecidos, optamos por fazê-lo numa agência de turismo de confiança. É verdade, saiu um pouco mais caro (7%), mas o conforto e a segurança na primeira viagem valeram a pena.

Após o estudo de algumas opções de roteiros, escolhemos o navio Disney Dream, num percurso de cinco dias e quatro noites, com embarque e retorno pelo porto de Cape Canaveral, Flórida – cerca de uma hora de carro de Orlando. Este navio foi laureado em 2016 como o melhor cruzeiro do mundo pela Cruisers’ Choice Awards.

Foi uma experiência incrível. A alegria dos meus filhos foi contagiante. Acredito que todas as pessoas deveriam ter a oportunidade de fazer o passeio pelo menos uma vez na vida, de preferência acompanhados de filhos ou netos. Apesar de o Cruzeiro conter atividades para todas as idades, acredito que a maior indicação é para as famílias, especialmente aquelas com crianças entre cinco e 15 anos.

Resolvi escrever algumas dicas no intuito de despertar o desejo daqueles que nunca fizeram o roteiro e, principalmente, tirar as dúvidas dos marinheiros de primeira viagem, que no meu caso somente foram sanadas após a execução do passeio.
Aproveitem.

Onde comprar o pacote? Você pode adquirir pelo site da Disney Cruise Line ou diretamente das agências de turismo no Brasil. Nós conseguimos dividir o valor, após a conversão do dólar, em cinco parcelas sem juros.

O que está incluído? Praticamente tudo, exceto o consumo de bebidas alcoólicas e as gorjetas obrigatórias (12 dólares dia por pessoa, incluindo as crianças).

Tipos de cabines? Basicamente existem três tipos: as internas, as externas e as externas com varanda. Sem dúvida, opte pelas cabines externas com varanda, e de preferência em andares mais altos. É verdade que existem ainda algumas cabines especiais maiores e mais luxuosas, mas os preços são proibitivos.

Horários do jantar e dos shows? Juntamente com as escolha das cabines, faça a opção pelo jantar no segundo horário (20 horas e 15 minutos). O primeiro é muito cedo, às 17 horas e 45 minutos. Quem janta no segundo horário, vê o show às 18 horas, e vice-versa.

Tempo de viagem?  Optei pelo passeio de quatro noites, de segunda a sexta, e foi muito bom. Nem muito, nem pouco. Outras opções são o passeio de três dias (neste mesmo navio – sexta à segunda) ou de uma semana em outra embarcação da Disney. Há ainda outros Cruzeiros da Disney mundo afora, mas que fogem do objetivo desta abordagem.

O balanço do navio incomoda? Uma dúvida que sempre tive e que muitas pessoas me perguntaram. Não nos incomodou. No primeiro dia balançou um pouco mais, mas sem grandes problemas. Sempre é bom levar remédios para vômitos e tonturas, especialmente para aqueles mais sensíveis.

Programe a viagem com antecedência – Se você puder programe sua viagem com bastante antecedência, mais de seis meses, pois os preços são melhores e as opções de cabine também. 

Check-in on line? Após a compra do pacote você receberá pelo correio um caderno-voucher com detalhes da sua cabine e os nomes dos viajantes, além das etiquetas para as malas. Contudo é preciso também fazer o check-in on line antes da viagem. É um procedimento meio chato e demorado, mas obrigatório.

Como Chegar? A Disney oferece traslado de ônibus do aeroporto internacional de Orlando (pago). Mas a meu ver a melhor opção é ir de carro. De Orlando a Cape Canaveral você gastará cerca de uma hora. Já do aeroporto de Fort Lauderdale são três horas de carro.

Hotéis em Cape Canaveral? Como o embarque ocorre na hora do almoço, se for preciso pernoitar em Cape Canaveral um dia antes, existem vários hotéis disponíveis. Ficamos no Residence Inn By Marriot, a cinco minutos do porto. O único problema do hotel é não ter restaurante, mas por outro lado tem uma cozinha bem equipada e uma loja de conveniência próxima. O quarto era muito confortável e espaçoso.

Estacionamento no Porto? Uma coisa que intrigou muito antes da viagem foi o estacionamento. Pensava: será que tem vagas suficientes para todos? Fiz uma pré-reserva online no site do estacionamento, inclusive com pagamento, porém alguns dias depois, eu recebi um email alertando que o pagamento seria restituído e que o mesmo deveria ser feito no local. Chegando lá, vi que o sofrimento foi à toa. O estacionamento é enorme e exclusivo para o navio Disney Dream. Tem dois tipos de vaga: as regulares, por volta de 18 dólares dia, e as preferenciais, pouco mais de 104 dólares para todo o período. Optei pelo preferencial, pois o local é mais próximo do embarque, porém o estacionamento é descoberto.

O embarque? Um show de organização. Existe um pré-agendamento de horário (pré check-in) para evitar que todos cheguem ao mesmo tempo. Ao chegar ao porto, após uma breve conferência do nome dos passageiros, ainda dentro do carro, somos orientados a deixar as malas etiquetadas num local próprio, antes de seguir para o estacionamento. Depois fomos direto ao check-in propriamente dito, onde são necessários os passaportes, os vistos e os documentos relacionados ao Cruzeiro. Isso tudo em pouco mais de 45 minutos.

Bagagem de mão – recomendo levar com você uma mala de bordo contendo algumas roupas, agasalhos, documentos pessoais e dinheiro. Suas outras malas estarão na cabine no máximo até às 17 horas e 30 minutos.

Cartão de identificação – No check-in, todos os passageiros recebem um cartão de identificação que será a identificação dos mesmos nos restaurantes, nos bares e a também servirá para a abertura do quarto. No barco você não usará dinheiro ou cartão de crédito. Tudo será debitado no cartão da Disney que, por conseguinte, estará vinculado a um cartão de crédito oferecido no pré check-in.

Treinamento – No primeiro dia, às 16 horas, existe um treinamento básico de emergência obrigatório. Todos devem participar. Orientações sobre coletes salva-vidas, rotas de fuga e planos de emergência. Muito rápido, sem maiores problemas.

Internet – O navio oferece internet paga. Não usei.  Qualquer dúvida vá ao Guest Service no terceiro andar.

Detalhes da cabine. Outra preocupação de todos os marinheiros de primeira viagem, mas que não procede, é sobre a qualidade e o espaço da cabine. A suíte externa com varanda é muito boa. Ela comporta até cinco pessoas. Contém uma cama de casal (Queen size) e três de solteiro.  Destas últimas, uma sai do teto (beliche) e a outras são oriundas de um sofá-cama da sala. Como estávamos em quatro pessoas, optamos por deixar as camas dos meninos montadas e com bom espaço de circulação. Para mim, sem dúvida, foi a melhor surpresa da viagem. A cabine é muito funcional e tudo é muito bem bolado. Há espaço para tudo e o banheiro é dividido em dois compartimentos: um com chuveiro (muito bom) e pia, e outro com o vaso sanitário e uma pia. As malas podem ser guardadas embaixo da cama e há muitas gavetas no local, além de um bom armário. A pequena sala de estar é agradável em continuidade com a varanda. A televisão via satélite apresenta também todas as informações necessárias sobre o Cruzeiro. Outro ponto muito extremamente positivo é que a cabine tem tratamento acústico. Silêncio quase total, e olha que quase todas são cabines conjugadas. Impecável!

Os restaurantes e as refeições.
1.      Outro ponto de destaque é o jantar. Sua mesa estará sempre reservada (o número da mesa é o mesmo em todos os restaurantes, você descobrirá no primeiro dia) e a equipe de garçons também será a mesma em todos os dias. São três restaurantes temáticos para o jantar. No cartão de identificação existe um código com quatro letras que corresponde a sequência que você deverá seguir, da primeira à quarta noite.  Por exemplo, no meu cartão a sequência era ERRAEnchantedRoyal Palace (duas vezes) e Animator, na sequência. Todos os passageiros devem repetir um dos restaurantes temáticos, já programado pela organização. O que mais gostamos foi o Royal Palace (terceiro andar).
2.      O serviço do jantar é a La Carte: entrada, pães, sopa, prato principal e sobremesa. Em geral você terá pelo menos quatro opções de cada e a cada dia muda o cardápio. As bebidas não alcoólicas estão inclusas. A comida em geral é muito boa.
3.      Para o café da manhã e o almoço você tem a opção do Restaurante Cabanas (Buffet) no Deck Superior e alguns dos restaurantes do jantar funcionam em horários específicos para o café da manhã e almoço. É preciso checar a programação do dia. No almoço e no café da manhã não há mesas marcadas.4.      Entre as refeições principais são oferecidos snacks e sanduíches no Deck superior (Luigi Pizza), além de sorvetes e refrigerantes à vontade (a meninada agradece).

Atividades familiares e para os pequenos.
1.      Deck familiar e infantil com duas piscinas aquecidas (pequenas).
2.      Área de golfe do Pateta – minigolfe do pateta. Meu menino adorou.
3.      Pequena quadra poliesportiva – o basquete é preponderante.
4.      Duas mesas de pingue-pongue.
5.      Área molhada do Nemo – reservada para os pequeninos.
6.      Acqua Duck – é um toboágua que parte do último andar (12) e circunda o navio, inclusive “sai” um pouco para fora do navio. Muito legal. Você vai de boia, de uma ou duas pessoas. Problema no inverno: água fria.

7.      Clubinho – salvo engano está situado no quarto andar. A supervisão é boa e tem muitas atividades. Meu menino não gosta muito de clubinhos. Ele foi apenas pra conhecer. Outro problema: os monitores falam apenas em inglês, o que pode limitar a diversão das crianças.
8.      Teatro – situado no terceiro e quarto andares (plateias inferior e superior). Os espetáculos com duas sessões à noite. Gostamos muito das peças “A Bela e a Fera” e também do Mickey Golden Awards. Sugiro que você chegue com 20 minutos de antecedência para pegar um bom lugar. Só não gostamos do Show de mágica que foi muito enfadonho.
9.      Cinema – existem duas áreas. Um telão enorme na piscina (só desenhos animados para a meninada) e um cinema 3D muito bom no terceiro andar (adultos e crianças).
10.  Bingos – ocorrem todos os dias nos período da tarde e com boas premiações. As crianças podem participar, mas somente acompanhadas dos adultos.11.  Encontro com os personagens. Outro ponto forte da viagem, especialmente para as crianças.

Há vários locais de encontro com os personagens da Disney durante o Cruzeiro com destaque para a festa com todos eles no último dia à noite, às 22 horas. Imperdível.

Atrações exclusivas para os adultos
1.      Deck próprio na parte da frente do navio. Acesso permitido apenas para os maiores de 18 anos.
2.      SPA. Não usei.
3.      Restaurantes, italiano (Palo) e francês (Remy), exclusivos para os adultos e com reservas prévias obrigatórias, além do pagamento de taxa suplementar. Ambos têm cartas de vinhos especiais. Eu tinha reservado previamente o Remy para o segundo dia, mas optei por ficar com as crianças. É preciso cancelar com 24 horas de antecedência, se não você pagará a sobretaxa, mesmo sem ir. Outro motivo para a minha desistência é que o restaurante exige terno e gravata (haja paciência).
4.      Bar de Champanhe. Excelente. Também não permite crianças. Um lugar muito aconchegante. Se você pedir a uma garrafa e não beber tudo, mande o restante para o quarto para você saboreá-la na varanda admirando o mar.
5.      Lounge com música ao vivo.

Gorjetas (Tips) – além das gorjetas obrigatórias há a cobrança de 15% sobre as bebidas alcoólicas, e a cada consumo sugere-se um tip adicional (gratuity). Ao final do Cruzeiro sugere-se uma gorjeta adicional aos funcionários diretamente relacionados aos hóspedes (garçons e camareiro).

Festa do pirata e queima de fogos – No penúltimo dia à noite (22 horas e 30 minutos) tem a festa dos Piratas com Show de Jack Sparrow. Noite muito divertida. Várias pessoas foram fantasiadas, com música boa, danças e uma bela queima de fogos.

Paradas – Neste Cruzeiro existem duas paradas diurnas, em Nassau e na Ilha da Disney – Castaway Cay – na terça e quarta durante o dia, nesta ordem.

Nassau é a capital das Bahamas. Pontos de interesse: um passeio pela ilha que é oferecido pelos nativos, belas praias e compras sem impostos, principalmente joias e artigos de luxo. Seguindo a genética, optei por ficar no navio curtindo o meu pequeno e as “meninas” seguiram para as compras. Par sair do navio basta um documento com foto (carteira de motorista, por exemplo) e o cartão do navio.

Castaway Cay – A ilha é linda e paradisíaca. A descida é obrigatória. Pena que o dia estava chuvoso e atrapalhou nosso passeio.  Tudo lá pode ser consumido como no navio, inclusive a comida faz parte do pacote. Para entrar ou sair do navio basta levar o cartão de identificação do navio.


Preparativos para o desembarque
1.      Não é obrigatório fazer o check-out. O seu cartão de crédito oferecido antes da viagem garantirá os débitos. Se você quiser pagar com outro cartão ou em cash, basta comparecer ao Guest Service no terceiro andar. Lá, você também pode retirar o extrato das despesas extras.
2.      Na noite anterior, entre as 20 horas e as 22 horas e 30 minutos você deverá deixar as malas no corredor de fora da cabine, para que eles as coloquem de fora do navio na manhã seguinte; retire as etiquetas antigas e coloque as novas que ficam disponíveis com o camareiro. As malas que não forem colocadas de fora do quarto deverão ser conduzidas por você mesmo no dia seguinte.
3.      Café da manhã da sexta-feira: dois turnos no último dia, das sete às oito horas e das oito às nove horas, seguindo a ordem prévia dos jantares. Você e sua família tomarão café da manhã no mesmo restaurante do jantar do último dia. É possível também tomar o café da manhã no restaurante Cabanas (Buffet), a partir das seis horas da manhã.
4.      Desembarque a partir das 7 horas da manhã. Horário final: 9 horas e 30 minutos.
5.      Importante: você deverá desocupar as cabines até às 8 horas da manhã. Assim, se você estiver escalado para o último horário do café da manhã você precisará levar suas bagagens para o restaurante.
6.      Ao desembarcar você pegará suas malas, de acordo com a etiqueta, e passar pela aduana e controle de passaporte, antes de ir ao estacionamento.

Espero que você tenha gostado das dicas. Outras informações podem ser obtidas no site da Disney Cruise Line. Se você nunca foi a Orlando e aos Parques da Disney, leia também o artigo que escrevi em 2015 sobre o assunto.

Abraço.

MJR

Investir Cada Vez Melhor © 2020. All rights reserved. Desenvolvido por PortalQuest Interativa

Copyright © 2020. Investir Cada Vez Melhor - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por PortalQuest Interativa.