Bolsa de Valores

No ano passado o índice Bovespa teve um desempenho horroroso (- 15,5%), sendo o pior investimento de 2013. Entretanto, nem todos os investidores no mercado de ações tiveram o mesmo desempenho. Algumas carteiras recomendadas por corretoras tiveram um retorno de quase 30% superior ao IBOV (veja abaixo o ranking de algumas corretoras). Desta forma fica claro que uma boa seleção de ativos é o principal fator para o desempenho de uma carteira de ações.

O IBOV tem em sua composição cerca de 70 ações. Em 2013, além de outros fatores já comentados, o índice foi muito prejudicado por algumas ações, dentre elas, as fatídicas ações do Grupo X. Com a nova metodologia de composição do IBOV, que começou hoje e será novamente reajustada no próximo quadrimestre, é consenso no mercado que o principal benchmark do mercado brasileiro terá um melhor desempenho daqui para frente. Todavia, para o sucesso do pequeno investidor é preciso montar sua própria carteira e sempre tentar superar o desempenho do IBOV. Para tanto, a informação é imprescindível. De uma maneira geral, todas as corretoras e bancos de investimento têm suas próprias carteiras recomendadas. Faça uma análise rigorosa e, principalmente, saiba julgar por conta própria. Nos próximos comentários vou tentar mostrar o caminho para uma boa seleção de ações. Até lá!
MJR